Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme (Wall Street: Money Never Sleeps)

Enquanto nos anos 80 para se ganhar dinheiro fácil – e ilegal – no mercado financeiro norte-americano era preciso saber demais, hoje basta ter habilidade de contar boas histórias que se passem por verdades. Ao menos é o que mostra Oliver Stone em Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme, continuação do sucesso de 1987.

No primeiro filme, Wall Street – Poder e Cobiça, Gordon Gekko (Michael Douglas) é o investidor que usa a informação privilegiada para enriquecer. Em muito a sequência pode ser vista como uma homenagem ao primeiro, como quando o corretor Bud Fox (Charlie Sheen) faz uma aparição.

Mas, desta vez, Gekko não está mais por cima. Recém-saído da cadeia, ele parece querer somente recuperar o amor da filha Winnie (Carey Mulligan), que nem era nascida na época de Fox. Para isso, o ex-investidor conta com a ajuda do genro, o corretor de ações Jacob (Shia LaBeouf).

Para conquistar Jacob, Gekko ajuda na luta contra seu ex-sócio, o poderoso investidor Bretton James (Josh Brolin), que espalhou boatos que levaram à destruição a empresa onde o jovem trabalha, resultando no suicídio do mentor do garoto.

Todo o pano de fundo do filme fica em torno das bolhas financeiras, criadas por estas especulações que têm em Bretton seu maior defensor. Oliver Stone tenta deixar claro isso durante toda a projeção, com cenas de crianças brincando de bolhas de sabão à exaustão, dando sensação de menosprezo ao espectador.

O mesmo acontece ao contar a história. Em vez de focar na questão financeira com o drama familiar como pano de fundo, como aconteceu em 1987, é a relação entre Gekko, Winnie e Jacob que dá o tom do longa-metragem, como se entendesse que um filme sem uma história de amor não é mais possível.

Assim como para o investidor, na visão de Oliver Stone para o cineasta também mudou a forma como se obtém sucesso fácil. Se nos anos 80 ele usou a informação – do mercado financeiro, em parte aprendida através de seu pai, corretor da bolsa -, desta vez ele apenas quis contar uma boa história.

Originalmente publicado no Portal Terra.

Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme (Wall Street: Money Never Sleeps, 2010, EUA)
Direção:
Oliver Stone
Roteiro: Allan Loeb e Stephen Schiff
Elenco: Michael Douglas, Shia LaBeouf e Carey Mulligan
133 Minutos

    • júlio
    • 5 outubro, 2010

    O que Hollywood nao faz com uma história de potencial, né nao, Vilson?!?! Porra, quanta breguice enfiaram no meio da parte mais interessante do filme, que são as tramóias de Wall Street…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: